Prefeitura realiza Audiência Pública para construção do PPA

O Plano Plurianual (PPA) é o principal instrumento de planejamento de médio prazo de ações do governo, abrangendo de forma regionalizada, as diretrizes, os objetivos e as metas da administração pública para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de duração continuada

Prefeitura realiza Audiência Pública para construção do PPA


No último dia 21, a Prefeitura de Alto Paraíso realizado Audiência Pública para discussão dos Planos e Metas do Plano Plurianual – PPA. A prefeita municipal fez a abertura da audiência discorrendo sobre as atividades desenvolvidas nos últimos meses e apresentando as metas e objetivos prioritários da gestão para os próximos anos.
Estiveram presentes no evento, secretários municipais, vereadores, professores, líderes sindicais e comunidade em geral.


O QUE É O PPA ?

O Plano Plurianual (PPA) é o principal instrumento de planejamento de médio prazo de ações do governo, abrangendo de forma regionalizada, as diretrizes, os objetivos e as metas da administração pública para as despesas de capital e outras delas decorrentes e para as relativas aos programas de duração continuada. O PPA estabelece as medidas, gastos e objetivos a serem seguidos pelo governo ao longo de um período de quatro anos. Tem vigência do segundo ano de um mandato governamental até o final do primeiro ano do mandato seguinte.

Os principais objetivos do PPA são:

Definir com clareza as metas e prioridades do governo, bem como os resultados esperados. Organizar, em programas, as ações que resultem em incremento de bens ou serviços que atendam demandas da sociedade.

Estabelecer a necessária relação entre as ações a serem desenvolvidas e a orientação estratégica de governo.

Possibilitar que a alocação de recursos nos orçamentos anuais seja coerente com as diretrizes e metas do Plano.

Explicitar a distribuição regional das metas e gastos do governo. Dar transparência à aplicação dos recursos e aos resultados obtidos.



Fonte:DECOM




Últimas notícias

Carregando...