Chuvas intensas causam danos e comprometem transporte de alunos nos municípios

As fortes chuvas que têm atingindo o estado de Rondônia, desde sexta-feira (30), poderão afetar as aulas das redes municipal e estadual de ensino, como também gerar diversos problemas de trafegabilidade. Apenas na sexta-feira choveu 33% da média total prevista para o mês de novembro, e logo nas primeiras horas do dia sábado (01), choveu 11% do previsto para o mês de dezembro, conforme levantamento apurado pela AROM.

CHUVAS INTENSAS CAUSAM DANOS E COMPROMETEM TRANSPORTE DE ALUNOS NOS MUNICÍPIOS


A previsão é de chuvas constantes em todas regiões de Rondônia, para os próximos 15 dias, com uma grande instabilidade atmosférica. O INMET publica aviso iniciando em: 02/12/2018 08:46. Chuva entre 30 a 60 mm/h ou 50 a 100 mm/dia. Risco de alagamentos, deslizamentos de encostas, transbordamentos de rios, em cidades com tais áreas de risco, no Estado de Rondônia são 31 municípios. Alto Paraíso, Alvorada D’Oeste, Ariquemes, Buritis, Cacaulândia, Campo Novo de Rondônia, Candeias do Jamari, Costa Marques, Cujubim, Governador Jorge Teixeira, Guajará-Mirim, Itapuã do Oeste, Jamari, Jaru, Ji-Paraná, Machadinho D’Oeste, Mirante da Serra, Monte Negro, Nova Mamoré, Nova União, Ouro Preto do Oeste, Porto Velho, Presidente Médici, Rio Crespo, São Francisco do Guaporé, São Miguel do Guaporé, Seringueiras, Teixeirópolis, Theobroma, Urupá, Vale do Anari,

Nesta área, haverá condição para pancadas de chuva acompanhadas de descargas elétricas durante a segunda-feira (03/12). Localmente, as pancadas poderão ser intensas em curto período de tempo e a continuidade ao longo do dia poderá resultar em acumulados elevados em pontos isolados.

Ao longo deste domingo, diversos prefeitos enviaram realatos e fotos registrando as condições das Estradas resultantes das fortes chuvas que têm ocorrido. Em Theobroma, apesar de danos em bueiros e pontes, o prefeito Claudio Santos informou que o municípios tem conseguido atender as ocorrências, mas teme que as chuvas de hoje causem estragos maiores “ Já tivemos algumas pontes e bueiros danificados, solucionamos grande parte, contudo tivemos hoje uma chuva bastante forte, ainda chegou nenhuma notícia de dano”, disse. Em Nova Mamoré, segundo o prefeito Claudionor Leme, as ocorrências estão maiores que a capacidade de atende-las, “Nova Mamoré está muito difícil. Arrumamos duas pontes, caem 3. Também há barreiros. Apesar do esforço em solucionar, estão ocorrendo numa proporção maior que a nossa possibilidade”, relata o prefeito. A prefeita Helma Amorim, de Alto Paraíso, informou que algumas estradas ficaram intrafegáveis.

A AROM aciona os órgãos de monitoramento meteorológicos por agilidade no envio de relatórios aos municípios e alerta as Defesas Civis Municipais para que acompanhem a evolução das chuvas nos próximos dias, de forma que possam prestar com celeridade os atendimentos às suas populações e prevenir maiores impactos.


CHUVAS INTENSAS CAUSAM DANOS E COMPROMETEM TRANSPORTE DE ALUNOS NOS MUNICÍPIOS CHUVAS INTENSAS CAUSAM DANOS E COMPROMETEM TRANSPORTE DE ALUNOS NOS MUNICÍPIOS CHUVAS INTENSAS CAUSAM DANOS E COMPROMETEM TRANSPORTE DE ALUNOS NOS MUNICÍPIOS CHUVAS INTENSAS CAUSAM DANOS E COMPROMETEM TRANSPORTE DE ALUNOS NOS MUNICÍPIOS


Fonte:ASSESSORIA AROM




Últimas notícias

Carregando...